Sorteio de Aniversário do Blog

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Rompendo paredes!


Esta imagem foi enviada pelo meu amigo Maggi.
A foto foi feita na cidade de Camaquã, pelo visto lá não existem barreiras para os fuscas.
Grande Maggi!

Curiosidades do Claudio Menezes II



Quem pretender ir passear na Alemanha poderá ficar num hotel que tem decoração especial para fanáticos por carros.

Que os alemães são apaixonados por carros, não há como negar.
Além de abrigar uma poderosa indústria automobilística e ser a pátria-mãe de gerações de pilotos de corrida talentosos, a Alemanha consegue variações criativas sobre o tema "automóvel".
E o Hotel V8, situado em Stuttgart, cidade-sede da Porsche, é uma delas.
O estabelecimento, cujo nome remete aos potentes motores de oito cilindros em "V", possui suítes temáticas, decoradas com tudo o que você possa imaginar que esteja ligado ao universo sobre quatro rodas.

Alguns quartos contam com camas que exibem a frente ou a traseira de modelos famosos. Além disso, poltronas, cadeiras e os mais variados objetos de decoração seguem a mesma temática.
Conhecido também pelo nome de Meilenwerk, a hospedaria possui 34 diferentes acomodações.
Porém, tudo tem um preço.
Neste caso, passar uma noite em um dos aposentos do V8 custa, em média, US$ 489, o equivalente a R$ 800,00.

Mais informações:v8hotel

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Zir & Zé

Ederson Zir, de Caçador / SC, foi o ganhador do Concurso “Onde tem um Fusca, tem outro” – promovido pelo MacFuca (McF), Fusca do Rock (FdR) e Fuscologia (Fl).



Logo após receber um kit com os prêmios, ele gentilmente nos escreveu e enviou esta imagem, posando ao lado de seu novo amigo “Zé do Caixão”. Apenas esse fato já nos deixou, os realizadores, extremamente felizes. Não bastasse isso, Zir nos enviou também um depoimento que traduz e sintetiza exatamente a sensação que eu, o Henrique (FdR) e o Christian (McF) partilhamos desde que estreitamos nossa amizade e laços virtuais.

Com vocês, Ederson Zir:

“Sempre gostei de carros antigos, principalmente militares dentre eles posso citar uma Dodge Pata Choca WC51 ano 1942, ex integrante das nossas forças armadas que veio do pós guerra como doação para o Brasil; mas confesso que em nenhum momento fui tão feliz como sou com o meu fusca, hoje sei e digo com total convicção de que a simplicidade é o que move o homem, a vida esta na forma simples de se viver, a saúde esta nas comidas mais básicas, a vida esta no ser humano que acaba de nascer, pois alí ainda não há discernimento entre a riqueza e a pobreza, neste momento ele precisa apenas do seio da mãe e do ar comum que todos respiramos, portanto ter um carro importado ou ter um fusca não é a mesma coisa, pois um fusca se dirige com a alma serena e cheia de alegria, e um carro importado se dirige com a preocupação e com os dissabores da incógnita de um SERÁ QUE CHEGO EM CASA? E é por isso que quero agradecer a todos vocês pela oportunidade e pela alegria que me proporcionaram com um brinde simples, mas que veio de pessoas que assim como eu sabem valorizar cada amizade construída em alicerces de aço, um forte abraço aos verdadeiros amigos que embora distantes tem o mesmo ideal de vida. Viver é um breve sopro, e por isso não podemos perder tempo a toa com preocupações desnecessárias.”

E em breve, mais concurso.
A cabeça brilhante do Henrique Favero já bolou mais uma ótima idéia. Aguardem.

Zir, nosso fraterno abraço e muito obrigado!

MacFuca, Fusca do Rock e Fuscologia

E no Centro de Gravataí......

Parece Miami!

Sobre aro de Inox

No Macfuca ficaria como a foto acima.



Boa solução para acabamento da roda.
O preço não é lá muito barato varia de 80,00 reais a unidade até 380,00 o jogo completo.
Pesquisando encontra-se preços intermediários e claro parcelados.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

“Volkswagen sem Manivela”

Texto de autoria do meu parceiro e irmão Milton Jung.
Um recado enviado pra mim e aos amigos do Blog !
 
Ter Macs e Fuscas lado a lado, mérito deste blog em sua origem, foi
possibilidade discutida nos primórdios da empresa fundada por Steve
Jobs. Livro de Michael Moritz que conta histórias de bastidores (de
escritórios e garangens, também) da Apple, desde que seu criador era
apenas um menino, revela que por muito pouco o nome da Volkswagen não
apareceu nos anúncios de lançamento dos primeiros computadores criados
por Jobs:


“No Vale dos Superlativos, inventar um slogan criativo para um novo
computador era um negócio complicado.
Por meses, os gerentes de marketing do Mac coçaram suas cabeças tentando bolar uma frase
memorável que capturasse as virtudes de seu computador.
De vez em quando, dependendo do formato, do temperamento e da engenhosidade do
locutor, o Mac havia sido nomeado como O Novo Apple II, a Interface
para os Anos 80, o Computador sem Manivela, o Volkswagen sem Manivela,
o Mercedes sem Manivela. Como empresa, a Apple havia gastado todas as
variações sobre o tema computador pessoal. Havia anexado o artigo
definido para descrever o Apple II como O Computador Pessoal e, pouco
depois, anunciou (assumindo uma cara de pau magnífica) que, na
verdade, ela havia inventado o computador pessoal” (O fascinante
império de Steve Jobs - Editota Universo dos Livros)

Sabemos que na publicidade - e o titular deste blog nela é formado - é
das reuniões de brainstorm (que em bom português seria algo como
‘tempestade mental’) que saem as grandes ideias muitas das quais
evolução de enormes bobagens ditas ao leo.
“Volkswagen sem Manivela” está mais para estas do que aquelas, vamos combinar.
MacFuca é bem mais criativo.

Macfuca que vem....


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

domingo, 26 de setembro de 2010

Quem aparece no detalhe?


Nada mais nada menos que meu amigo Evandro do Aventuras do Fusca se aproximando.

Macfuca que passa...


sábado, 25 de setembro de 2010

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Curiosidades do Claudio Menezes

VOLKSWAGEN SP1







A probabilidade de encontrar um é tão pequena que o SP1 se tornou um dos carros mais raros do Brasil. Isso porque apenas 88 unidades foram produzidas entre novembro de 1972 e 1973. Para efeito de comparação, o irmão maior SP2, passou a barreira das 10 mil unidades.

“O carro era muito fraco de potência para um modelo esportivo”

Construído sobre a mesma plataforma da Variant, o SP2 vinha equipado com um motor de 1.700cc, oferecendo 75 cv de potência e podendo chegar a quase 160 km/h. Enquanto isso, seu irmão mais novo recebeu uma motorização de 1.600cc, com uma potência bruta de 65 cv e velocidade máxima de 150 km/h. Ambos possuíam câmbio de quatro marchas, freios hidráulicos a disco na dianteira e a tambor na traseira.

Quem foi em agosto de 2010 no XIV encontro de veículos antigos em Termas do Gravatal em Santa Catarina pode apreciar um exemplar do SP1.

Prova de habilidade

Só no Cromadinho

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Pretinho nem tão básico!


A meu gosto tiraria os adesivos do Painel. Todos os adesivos.
Acho que o conjunto do painel esta muito bem arranjado mas o Leão e o Puma na tampa do porta luvas poderiam ser dispensados.
No mais o estofamento dos bancos e o forro do porta malas é de muito bom gosto.
Portanto um Pretiho nada básico, não é a toa que recebeu prêmio de Personalizado década de 80.

Encontro de Fuscas em Gravataí

E segue a divulgação!


Agora foi em Gravataí.
Novembro tá chegando!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Epidemia total

Olha só o que o meu amigo Luiz Carlos mandou pra hoje:

Olá Christian,

Mas não é que a febre do fusca pegou mesmo lá em casa? Olha só o "presente" que a minha outra nora me trouxe de uma viagem... Quando pensou no sogro, pensou no fusca. É uma ímã pra geladeira, mas achei que ficou melhor no vovozão.

Abração.

Luiz Carlos

Saída para Gravataí - Encontro de Fuscas

Organização do evento


A esquerda da foto a organização do evento entregando os brindes para os participantes, a turma estava meio destraida o locutor teve de chamar várias vezes para irem receber os brindes.
A direita o Evandro vestindo a camisa do evento junto com o Carla e o Mario.
Por favor não me pergunte quem é o Mario!!!!!

Por falar em camisa do evento o Volks clube esta de parabéns conseguiu fazer em um modelo de simples traços uma bela arte para a camisa. Tipo da camisa que pode-se usar a qualquer momento.

Troféus a procura de vencedores

Pedágio e Gravataí

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Encontro em Gravataí 2010


Foi neste domingo o Encontro em Gravataí.
A praça central ficou cercada de fuscas e o sol ajudou a deixar o dia mais enfuscarado ou melhor ensolarado.
A foto ilustra a saída do POAFUSCACLUBE de Porto Alegre a caminho do município visinho.
Logo atrás meu parceiro blogueiro Evandro do Aventuras do Fusca.

Volks Clube de Gravataí


Evento bem organizado e a recepção perfeita para um domingo cheio de fuscas.
Parabéns Volks Clube de Gravataí.

Pisando pra chegar!


Pisando é modo de dizer. Na verdade acelerando o Macfuca dentro da velocidade permitida para chegar com segurança no Evento e encontrar os amigos.
A foto foi sem querer porque estava sem meu ajudante nota dez e algumas vezes me vi obrigado a ser rápido nos cliques da máquina. Resultado: esse daí me registrou o pé!
É isso para o blog todo clique tem o seu porque.

Hora de armar a barraca


O termo tem lá seu sentido pejorativo mas na verdade foi o que literalmente o POAFUSCASCLUBE fez em um primeiro momento em Gravataí.
Por iniciativa do blogueiro e amigo Evandro, carregou em cima do seu fusca companheiro a barraca para montarmos na praça central de Gravataí.
Como quebra cabeças é sempre o mesmo no momento de armar este tipo de barraca juntamos praticamente todos os sócios ali presentes para dar palpites.
Funcionou, ficou perfeito. Marcamos o ponto e pra não deixar barato a faixa do nosso Encontro decorou o nosso ponto de referência.
É o POAFUSCACLUBE trabalhando pra fazer bonito em novembro.
Contamos com todos não só com os de Porto Alegre mas toda essa turma de amigos que encontramos por este RS.

Sacador de calotas EMPI





Você deve estar se perguntando: Mas afinal o que o Macfuca quer com um sacador de calotas EMPI se ele não tem calotas?
Na verdade até tem na estepe, coloquei evidentemente por uma questão estética.
Lá estavam as calotas em minha casa, como o aro de minha estepe não é lá essas coisas cloquei a calota para dar acabamento quando o porta malas esta aberto.
Assim como a calota é estética, o sacador esta ali no lugar onde deve ficar porque é justamente ali onde entra o macaco e fica aquele ferro com um furo no meio estragando o visual do fusquinha.
O Macfuca é um carro vaidoso e como o dono dele também não ajuda em nada esteticamente é preciso cuidar dos detalhes.
Homem feio tem de ter gravata bonita.
Taí o Macfuca cheio de onda.
Se precisar sacar as calotas quem sabe o Macfuca não ajuda?

domingo, 19 de setembro de 2010

Swamp Cooler na Kombi



Diferente dos outros modelos que vinham com uma corda que era puxada para fazer rodar o cilindro com o pano úmido que faria a refrigeração interna do carro, este raro modelo é com ventilador elétrico "Swamp Cooler".
Sem fabricante,provavelmente, uma Allstate.





Modelo Luxo com ventilador.
Funciona refrigerado por evaporação de água para o resfriamento do ar interno do automóvel.
Made in E.U.A., 50 ou 60.

Swamp Cooler Continuação


Instalados ou removidos em poucos minutos, o refrigerador de ar novo acima cabe em qualquer carro. Filtra e purifica o ar além de diminuir a sua temperatura por evaporação e abastecimento de água, o aparelho opera automaticamente quando o carro estiver em movimento.

sábado, 18 de setembro de 2010

Se alguém tiver um destes. Manda!

Visual 10 hotelaria 0


Recanto das Palmeiras este é o nome da pousada que resolvi ficar em Nova Petrópolis.
Realmente é a pousada mais perto do centro de eventos mas para quem vai com a família e deixa o carro no pavilhão do centro de eventos pode-se dizer que é uma indiada. A distância a se percorrer sozinho é uma coisa porém com os demais integrantes da família fica um tanto cansativo. Até porque o local onde ficam as cabanas já é distânte de onde fica o café da manhã.
Levando ainda em consideração que é lomba pra cima e pra baixo.
Bom isso também é uma questão de logistica e a pousada não tem culpa, tá certo que a proprietária me disse pelo telefone que estava até vendo o centro de eventos. Realmente pra quem tem a pousada em uma colina olhando de binóculo o Centro de Eventos fica quase que do outro lado da rua.
Voltando a hotelaria.
Sábado dia que começa o evento, cidade cheia em função de ser um programa no calendário de eventos do município.
Chego na pousada não tem ninguém para receber, isso que ela estava sem vaga pra ninguém.
Sou recebido acho que pela esposa do dono com uma cara de quem estava tirando um cochilo e ainda calçando um par de "pantufas".
Ao me identificar se quer foi capaz de nos acompanhar até as instalações.
Tinha rezerva para 3 pessoas mas fomos em 4.
Pedi mais uma cama. Ao chegarmos a noite só tinha 3 toalhas esperando.
Frizer ligado porém só vento dentro e um prato de comida que não seio que fazia lá.
"Não sabiam que a pousada estaria lotada? Será que não daria pra revisar os quartos?"
Ao deitar na cama percebia-se nitidamente que as prateleiras ao lado nunca tinham sido limpas dado ao número de teias de aranha que ali se encontravam.
Café da manhã para quem vai para a serra totalmente sofrível.
Suco de saquinho. Pode uma coisa destas.
Meia dúzia de frios em um prato sobre uma mesa com a famosa toalha de OLHADO que se encostar os braços leva ela colada na hora de ir embora.
Pedimos leite com nescau. Que dúvida colocaram uma caixa de leite sobre a mesa com uma lata de nescau. ( quase me senti em casa )
Não sei o que é a realidade das pessoas que ali vivem mas não consigo entender que como uma cidade que vive para o turismo não faz com que alguém que tenha uma pousada com uma natureza daquelas a volta não de uma subidinha até gramado para ver a diferença. A começar pelo café da manhã.
Em fim ao sair e pagar a conta que de nada tem a ver com uma pousada simples, bem pelo contrário o proprietário me indagou se não sabia falar alemão já que meu sobre nome é Müller Jung. Ficou surpreso que não falo nada de alemão e me disse falar, alemão, italiano, inglês e claro português.
Mas aí eu pergunto do que adianta tantas linguas se a que ele realmente deveria saber falar ele não fala.
Aliás não fala e não compreende que no dicionário do turista o idioma principal é o BEM RECEBER.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

A febre do Fusca



Já tá virando uma febre essa história de fotografar tudo que se vê em matéria de fusca por aí a fora. É tanto que se fala que a família começa a se envolver e cada um registra o que for interessante para mostrar.
Esse fusca encontrado circulando pela movimentada Avenida Independência aqui em Porto Alegre já esteve aqui neste blog quando de um encontro no Largo da Epatur.

Visualizado de dentro do carro - Jussara esposa do amigo Bohrer e a sua nora Ana Cláudia não perderam tempo em registrar o fusquinha em ares de cidade européia.

Disse o Bohrer:
Olha só o "presente" da minha mulher... Estavam ela e minha nora na Av. Independênca, quando viram essa maravilha de fusca e não tiveram dúvidas: sacaram a máquina fotográfica e registraram esse belo carro.
É, acho que a febre do fusca está se espalhando lá por casa, hehehe...
Talvez vc até já conheça e não seja novidade, mas eu particularmente, achei esse carro realmente lindo.

É isso meu amigo eu também gosto muito deste carro mesmo porque ele totalmente caracterizado e feito com detalhes bem personalizados.
Nada de coisas feitas a facão.
Foi projetado e feito como tinha que ser.
E ainda fotografado assim no meio dos outros automóveis não tem como não ser destaque.

Obrigado por mais essa.

Que parceria!


Olha só essa parceria no vidro lateral.
Abração para o amigo e blogueiro Gonzo.

Dicas do Rock

Disse o Henrique do Fusca do Rock:

Olha isso aí que reservei para te enviar...
- velocímetro do sp2 no Fusca do meu amigo leonardo;
- Telinha e conta giru do super fuscão no Fusca 1300L 1978 do meu amigo Klenio;
- Volante do super Fuscão também no 1300L do Klenio;
- Rádio original com FM no Fusca do Klenio;




Esse rádio eu tinha um igual no meu 79 branco, confesso que sinto saudades destes rádios que tinham excelente captação e poucos botões para se preocupar.

Valeu Rock

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

POAFUSCACLUBE


Olha só a turma reunida pra voltar de Nova Petrópolis.

Hemmer ou melhor Fusca do Eron


Este é o fusca do meu amigo Eron.
Depois de 40 dias de internação esse é o resultado final.
Como podem notar o Eron já deu o nome para o seu fusca.
"Hemmer" o fusca mostarda.
Criatividade e bom gosto para temperar o carrinho.
Parabéns Eron pelo Mostarda aliás pelo Hemmer!
Forte abraço do Macfuca.

Cheio de estilo em Bento Gonçalves


Este fuca é do Renan de Bento Gonçalvez que diz ser um dos poucos proprietários de um fusca neste estilo lá naquelas bandas.
Muito interessado na viseira do Macfuca fez algumas perguntas e fotografou o Sunvisor para ver da possibilidade de produzir um.
(Seria espionagem industrial?rsrsrsrs)

Vai da habilidade do amigo, acho pelo estilo que a melhor viseira para o fusca seria a de tela. Combina mais com o estilo.
Vamos ver se rola!
Abraço Renan e boa sorte.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Vovozão prafrentex!


Pra quem não era do tempo deste termo, "prafrentex" significava muito pra frente, avançado, moderno.
Alguém "prafrentex" era alguém por dentro das novidades da moda
e dos costumes que bombardeavam o mundo da época.
Pois este é o fusca do meu amigo Bohrer depois de ser adesivado.

Obrigado Bohrer

OBS: ao fundo descançando o cartaz do 5º Encontro de Fuscas e Derivados de POA, não é a toa que a divulgação já chegou lá em Montevideo.

Kombi Corporativa - Você conhece alguma?



Essa era uma coleção de Kombis customizadas especialmente para empresas, criadas entre as décadas de 1950 e 1960.
Com certeza você já viu algumas parecidas.
Aí mesmo na sua cidade deve ter várias.
Se você conhece alguma fotografe e envie para o e-mail do blog (macfuca@terra.com.br)
vamos nos divertir com as diferentes personalizações que a criatividade e a Kombi permite.



A personalização não era só na pintura, mas também na carroceria e funções internas.



Quer saber mais acesse
cartype